Lua de Mel no Brasil

Rota Romântica na Serra Gaúcha

A Rota Romântica na Serra Gaúcha é o roteiro turístico ideal para curtir a dois. Confira tudo sobre este fascinante percurso!

“Deixe-se levar pelo coração”. Este é o slogan da famosa Rota Romântica na Serra Gaúcha. A frase não poderia ser mais propícia, pois, quem se aventura pelos seus 350 quilômetros de extensão não somente se deixa conduzir pelo coração como sente as pulsações mais fortes a cada nova curva. 

Situado entre a planície do Vale do Rio dos Sinos e o Planalto da Serra Gaúcha, o roteiro turístico liga a capital, Porto Alegre, às cidades serranas do estado do Rio Grande do Sul. No total, o trajeto engloba 14 municípios gaúchos — a maior parte colonizada por alemães —, entre eles, o município de Gramado, considerado um dos destinos mais procurados por casais em Lua de Mel. 

Ao longo do percurso, é possível contemplar as mais belas paisagens. Além disso, cada cidade oferece um grande leque de atrações e opções de lazer aos apaixonados, garantindo, assim, o clima romântico que a ocasião merece. 

Quer saber mais sobre a Rota Romântica na Serra Gaúcha? Preparamos um guia completo especialmente para você e seu par! Vamos nessa?

Quais cidades fazem parte da Rota Romântica na Serra Gaúcha? 

A seguir, confira quais cidades fazem parte da Rota Romântica na Serra Gaúcha:

São Leopoldo 

São Leopoldo é onde tudo começa, por isso é considerado o marco zero do roteiro turístico. Colonizada por alemães, a cidade carrega diversas características do país europeu, retratadas fielmente em sua arquitetura, por exemplo.

Por lá, vocês irão encontrar uma grande variedade de atrativos culturais e turísticos como monumentos históricos, museus, lojinhas de produtos coloniais e muito mais. 

Novo Hamburgo 

Saindo de São Leopoldo, a próxima parada é no município de Novo Hamburgo. O destino integra a região do Vale do Rio dos Sinos e assim como no caso de São Leopoldo, também foi colonizado por imigrantes alemães.

Além de seus atrativos culturais e turísticos, Novo Hamburgo se destaca por sua produção de cerveja artesanal, o que a coloca em duas rotas diferentes: Rota Romântica na Serra Gaúcha e rota das cervejas artesanais. 

Santuário das Mães – Foto: Fábio Matos

Estância Velha 

Estância Velha é vizinha de Novo Hamburgo. Bastante aconchegante e convidativa, a cidadezinha também integra a região do Vale do Rio dos Sinos e está sempre em constante desenvolvimento turístico e cultural, oferecendo aos visitantes atrações imperdíveis. 

Ivoti

Ivoti é puro charme. O destino carrega uma forte influência da colonização alemã, fazendo com que a cultura e as tradições do povo germânico estejam presentes em cada cantinho do município, como no caso de suas construções coloridas, estilo enxaimel e claro, na sua deliciosa gastronomia. Hummm! 

Hotel Spazio em Ivoti

Dois Irmãos

Situada a cerca de 60 quilômetros da capital, Porto Alegre, Dois Irmãos tem muita história para contar. A cidade de colonização alemã possui um vasto acervo histórico – alguns de seus prédios são tombados –, além de diversas belezas naturais. Preparem-se para se apaixonar! 

Morro Reuter

As cores e curvas que compõe a estrada que dá acesso ao município de Morro Reuter já seria o suficiente para encantar os visitantes. O destino, porém, guarda muitas outras belezas e muitas histórias para contar (todas da época da colonização). Vale a pena! 

Santa Maria do Herval 

Além de se destacar com sua produção agrícola – a cidade é a maior produtora de batatas da Serra Gaúcha –, Santa Maria do Herval se destaca também no quesito “belezas naturais”. A região abriga a Cascata do Herval, uma queda d’água de 125 metros capaz de tirar o fôlego até do viajante mais exigente. 

Cascata dos Bugres

Presidente Lucena 

Presidente Lucena foi a primeira cidade da Rota Romântica na Serra Gaúcha a receber, no século XIX, os primeiros imigrantes alemães. Por isso, o destino vive a cultura e o estilo de vida germânico de maneira intensa. A cidadezinha é conhecida ainda, como a capital da schmier colonial, uma geleia de frutas produzida de forma artesanal. Ficou com água na boca, não é mesmo? Confessa! 

Linha Nova 

O município de Linha Nova é ideal para casais que buscam contato direto com a natureza, pois, a região é bastante afortunada nesse sentido. Por lá, outro ponto alto são as apresentações folclóricas típicas da Alemanha e as tradicionais festas comunitárias, conhecidas como Kerbs. 

Picada Café 

Considerada a sede da Rota Romântica da Serra Gaúcha, a cidade de Picada Café oferece diversos atrativos turísticos, cada um com uma história mais interessante do que o outra. Ah! Vale ressaltar que o destino é conhecido como “cidade dos lírios”, ou seja, a flor acentua ainda mais as belezas naturais da região. 

Residência da família Kuhn no Parque Histórico Jorge Kuhn

Nova Petrópolis 

O município de Nova Petrópolis é um dos mais procurados da rota turística. Os motivos para tal são completamente compreensíveis, acredite.

Parque Aldeia do Imigrante – @parquealdeiadoimigranteoficial 

A cidade é chamada de “Jardim da Serra” e este nome não poderia ser mais propício. Nova Petrópolis é mesmo um imenso jardim, aliás, um de seus principais atrativos é justamente um labirinto em meio ao verde. Espetacular!  

@hoteljardinsdacolina em Nova Petrópolis

Gramado 

Gramado é a estrela da região. O destino é o mais procurado da Serra Gaúcha, recebendo milhares de visitantes todos os anos, atraídos por seus diversos pontos turísticos como o Lago Negro, por exemplo, e suas inúmeras belezas naturais. Para quem curte um friozinho, Gramado é imperdível. 

São Francisco de Paula

Chegamos ao último destino do roteiro. Assim como ocorre em Gramado, a cidade de São Francisco de Paula é ideal para os amantes de frio. Por ali, as temperaturas no inverno costumam ser negativas, ótima desculpa para ficar agarradinho, curtindo a companhia da pessoa amada, enquanto toma uma taça de vinho. Que tal?

 Como chegar a Rota Romântica na Serra Gaúcha?

Há três opções para se chegar a Rota Romântica na Serra Gaúcha, são elas: avião, carro ou ônibus. Vale ressaltar, porém, que independentemente de qual meio de transporte vocês escolham, o ponto de partida será sempre Porto Alegre. Sendo assim, por vias aéreas o desembarque será no Aeroporto Salgado Filho. De lá, a dica é alugar um automóvel e seguir pela BR 116 até a cidade de São Leopoldo, a cerca de 40 quilômetros da capital gaúcha, ponto de partida da Rota Romântica na Serra Gaúcha. Agora, caso vocês decidam por fazer o roteiro turístico de ônibus, a empresa responsável por interligar as cidades da Serra Gaúcha é a CITRAL (https://www.citral.tur.br/).  

Mas honestamente? Essa viagem deve ser feita de carro. Além de a estrada ser bem conservada e bem sinalizada com placas e mapas pelo caminho — um prato cheio para quem gosta de dirigir —, dispor de um veículo dará autonomia para vocês conhecerem cada um dos destinos e suas atrações sem pressa. Por este motivo, caso possa reconsiderar qual será o meio de transporte utilizado, faça isso. 

Quando conhecer a Rota Romântica na Serra Gaúcha? 

 A Rota Romântica na Serra Gaúcha pode ser feita o ano todo, vai do gosto de cada um. A alta temporada na região acontece durante o verão e inverno, no entanto, são duas estações que não costumam agradar a todos. Enquanto uns acreditam que o verão pode acabar com o charme da Serra Gaúcha, outros, se incomodam com o frio intenso que costuma fazer em terras gaúchas. A maioria acaba optando pelo outono, considerada uma estação “meio-termo”.  

Atrações imperdíveis da Rota Romântica na Serra Gaúcha.

Separamos 3 atrações que não podem ficar de fora do seu roteiro. Confira:

Cachaçaria Weber Haus

Você e o seu amor não dispensam uma “biritinha”? Então, não deixem de conhecer a Cachaçaria Weber Haus, em Ivoti, uma das mais tradicionais da região. Fundada no final da década de 40, a cachaçaria é famosa por seu selo de produção orgânica. Para quem curte, é uma ótima pedida! 

Parque Ecológico Morro dos Ventos

O Parque Ecológico Morro dos Ventos é um atrativo e tanto! Situado na cidade de Pica Café, o local oferece as opções de hospedagem mais românticas de toda a região e, de quebra, ainda proporciona aos hóspedes mais aventureiros a possibilidade de fazer um voo livre. Demais, né?

Wild Cabins no Parque Ecológico Morro dos Ventos

Mirantes

O que mais chama a atenção no percurso pela Serra Gaúcha são suas belezas naturais. Portanto, nada mais justo do que contemplá-las do alto de um mirante, certo? Há diversos mirantes espalhados pela região, sendo o mais conhecido entre as cidades de Morro Reuter e Dois Irmãos, no sentido de quem sobe a serra.

Para mais informações sobre o trajeto, clique aqui (https://www.rotaromantica.com.br/pt).

E então? Curtiu nosso guia sobre a Rota Romântica na Serra Gaúcha? Comente aí embaixo e até a próxima postagem! 


Compartilhe esse post

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *